Poço de Monitoramento Ambiental

   Os poços de monitoramento são utilizados em diversas circunstâncias e tem por objetivo obter amostras de água subterrânea a fim de se verificar, através das análises químicas e físico-químicas a qualidade hidrogeológicas e os seus índices de contaminação.
   Os serviços de inspeção e análise através dos poços de monitoramento também nos fornecem outros indicadores de contaminação, como PAH e BTEX no caso de hidrocarbonetos. Comumente utilizada em área de disposição de resíduos sólidos poluentes, tipo aterros sanitários e lixões, postos de serviços de abastecimento para detecção de vazamentos, sendo que esses devam seguir rigorosamente as Normas da ABNT, segundo a NBR 13895.
   A perfuração deve ser realizada com diâmetro mínimo de 100 mm e constituídos por revestimentos (PVC-Geomecânico ou Aço Inox - tubo liso) rosqueável, filtro de mesmo material com ranhuras variando entre 0,4 mm a 0,6 mm de abertura com extensão variável compreendendo o nível d'água, levando em consideração a variação sazonal da região e sua extremidade inferior deva ser fechada com tampa rosqueável.
   O espaço anular entre a parede do furo na região do filtro deve ser preenchido com pré-filtro (material drenante e inerte), esse material é constituído de areia lavada e classificado tipo Jacareí com diâmetro de 3,00mm, estendendo-se 0,30 m abaixo e acima da extensão do filtro. Ainda no espaço anular acima do pré-filtro deve ser cuidadosamente selado com bentonita e cimento com pouca areia para acabamento, evitando contaminação por escoamento superficial.
   O poço recebe tampa de ferro e cadeado, selado para proteção e instalado câmara de calçada, para futuras campanhas de coletas de água ou vapor para análises químicas.
Moraes & Amorim

​Telefone : ​11-4551-9074 / (11) 96305-0681

Rua Bahia. 12 - Carapicuíba - SP.
Email:comercial@moraesamorimsondagens.com.br

Compartilhe ideias

© 2015 por Moraes & Amorim Tecnologia                     moraesamorimgeotecnologia@hotmail.com

  • s-facebook
  • crea sp.jpg